VOU-DEIXAR-DE-SER-FELIZ,-POR-MEDO-DE-FICAR-TRISTE

SINOPSE DO ESPETÁCULO

Comédia romântica livremente inspirada na vida dos amantes – Yuri Ribeiro e Claudia Wildberger, conta, de forma onírica, a história de um casal, Andreia e Daniel, com grande diferença de idade, 25 anos. Eles enfrentam, entre outras intempéries, o preconceito e o ciúme de Caio, o filho de Andrea – brincalhão e piadista, que não aceita a espécie de irmão mais novo que arrumou, a falta de sensibilidade do pai de Daniel e principalmente insegurança e preconceito do próprio casal.

O romance se passa em um picadeiro, circo das emoções, no interior de algum lugar não muito distante. Uma comédia que garante muitos risos, algumas lágrimas e grandes reflexões.

 

“Somos poesia e terra numa mesma obra. Somos riso e choro. Somos humanos e estamos contando, em uma comédia, uma história de humanos que se amam.”

 

O espetáculo é uma comédia romântica que tem arrebatado corações.

Estreou em 01 de junho de 2018, no Rio de Janeiro, e fez belíssima temporada de 03 meses consecutivos no Teatro das Artes – Shopping da Gávea. De lá seguiu para outras temporadas em busca de novos públicos: SESI de Jacarepaguá, Teatro João Caetano onde foi convidado para comemorar os 205 anos desse teatro histórico, Teatro Municipal de Niterói e finalizou a temporada de 13 meses consecutivos no Teatro Cesgranrio.

 

OBJETIVO

Reafirmar o valor do teatro de entretenimento como fonte de reflexão.

Apresentar ao grande público do teatro a encenação de um texto de qualidade e de linguagem popular, onde a plateia se identifica com a trama.

Oferecer ao público, principalmente aos casais, de maneira leve e divertida, reflexão sobre o real sentido do amor e das relações, coragem e preconceito através da comédia romântica contada de forma onírica. 

Incentivar a produção de textos brasileiros e novos dramaturgos.

Apresentando uma montagem de alto nível artístico e técnico, para que o maior número possível de espectadores a assista.

JUSTIFICATIVA

Em uma época onde pouco se olha para o outro. Onde o individualismo impera e as relações já não tem tanto valor VOU DEIXAR DE SER FELIZ POR MEDO DE FICAR TRISTE? coloca em cena de forma leve e bem humorada o encontro e a relação de um inusitado casal, suas alegrias e seus conflitos.

A arte propicia uma compreensão profunda das questões sociais, pois solicita a percepção visual, a auditiva bem como os demais sentidos e é através dela que o público compreende a dimensão poética presente em seu meio.

Ao realizar turnê nacional e apresentações em  São Paulo, o projeto beneficiará o público em geral com um espetáculo moderno e diferenciado.

O projeto possibilita o encontro do público com artistas e técnicos respeitados e premiados pela crítica, possibilitando a divulgação de seus trabalhos.

Aproveitando o ineditismo da exploração de um tema tão atual, o ator e autor Yuri Ribeiro resolveu transformar sua experiência em espetáculo teatral. Essa comédia romântica aborda as varias fases de um relacionamento amoroso e promete fazer rir muito. É impossível não se identificar com as cenas da trama. Quando se fala de casamento, ou você vive, ou viveu, ou é fruto de um…. Nesse caso a “Andreia” é a mulher mais “experiente” que casa com um rapaz, o “Daniel” , que tem uns bons anos de experiência a menos que ela. E no meio disso tudo tem o filho, “Caio”, brincalhão, piadista que sacaneia o lindo casal formado por sua mãe e “a espécie de irmão mais velho que ele arrumou”. Além de filho o ator /curinga jovem faz diversos personagens.

O roteiro assinado por YURI RIBEIRO com direção de JORGE FARJALLA, diretor de renome nacional no teatro, se propõe a trazer diversão a família brasileira além de reflexão sobre a atualidade e a importância de se colocar o preconceito de lado e ter coragem nas suas decisões.

O mote da história de amor serve para trazer reflexão sobre as mais diversas decisões que precisamos tomar ao longo da vida – troca de profissão, cidade, relacionamentos etc.

Ainda no século XXI se faz necessária a abordagem sobre amor, coragem e preconceito e através de uma encenação onírica o espetáculo leva ao grande público uma livre adaptação de uma história inspirada na vida dos amantes – Yuri Ribeiro e Claudia Wildberger.

O espetáculo que aproveita a montagem para trabalhar com diversas técnicas teatrais, músicas de época e atuais e reaproveitamento de materiais.

O espetáculo com aproximadamente 80 minutos de duração, conquista um público diversificado emocionando e principalmente divertindo com humor leve, a partir de 12 anos.

“Se nem sabemos dizer o que é o amor, como definir o sentimento de um casal? Para enxergar é preciso ver, e para tal é preciso abrir os olhos. Estamos cegos demais enquanto olhamos para o interior de nossos bolsos, furados ou não, e a partir deles julgamos todas as relações, mesmo não sendo capazes de enxergá-las. Se até a justiça é cega, não serão os homens, crentes que são juízes, dotados de melhor visão. Portanto julguemos e sejamos julgados, mesmo que por amar.”

Yuri Ribeiro

FICHA TÉCNICA

Autor – YURI RIBEIRO

Argumento – CLAUDIA WILDBERGER e YURI RIBEIRO

Direção Artística – JORGE FARJALLA

Diretora Assistente – RAPHAELA TAFURI

Elenco – PAULA BURLAMAQUI, YURI RIBEIRO, VITOR THIRÉ e JUJUBA

Figurinos – JORGE FARJALLA

Preparação Corporal – JORGE FARJALLA

Preparação Vocal – PATRÍCIA MAIA

Trilha Sonora – JOÃO PAULO MENDONÇA

Direção de Arte e Cenografia – JOSÉ DIAS

Desenho de Luz – JACSON INÁCIO e VLADIMIR FREIRE

Operador de SOM – CEZAR BRAGA

Contra Regra – HUGO BRAGA

Fotos – CAROL BEIRIZ

Visagismo – ROSA BANDEIRA

Produção – CW Marketing

 

LEI DE INCENTIVO

O projeto está inscrito e aprovado em leis de incentivo para turnê nacional e temporada em São Paulo.

“Vou deixar de ser feliz por medo de ficar triste? É uma frase incrível, né? Eu assisti à peça. É linda! As situações são vividas de forma muito leve, mas muito emocionante. Principalmente pra quem vive. Eu vi na plateia muitas pessoas não só com diferença de idade, mas casais inter-raciais, casais homoafetivos. Há uma similaridade muito grande.”

– Fátima Bernardes, no programa Encontro da TV Globo

 

“Foi difícil definir para mim mesmo a força daquilo que assisti. Finalmente entendi que havia disfrutado de algo raro. É simplesmente isso. Um espetáculo teatral impactante em sua beleza e em sua capacidade de despertar em cada um de nós o que há de melhor. Simplesmente uma obra de arte.”

– Luiz Alberto Py, psiquiatra e psicanalista

 

“A peça Vou deixar de ser feliz por medo de ficar triste? é sobre a importância de repensar cotidianamente a razão e o sentido que nos une. É um resgate importante para não esquecer, que quando a gente ama, se ama gente. Precisamos buscar suporte e não a estrutura. E se o seu suporte for 25 anos mais jovem ou 25 anos mais velha? Você vai deixar de se apoiar nele por uma conta matemática?”

– Hilaine Yaccoub, Ph.D em Antropologia

 

“O que torna essa obra especial não é o que ela conta, mas como conta. Românticos, não percam. Yuri e Jorge trouxeram a comédia romântica de volta, e em grande estilo.”

Leonard Torres, do site Teatro em cena

Visão Geral

TEMA DO ESPETÁCULO
É a história de uma mulher forte e determinada que está disposta a vencer o preconceito e o medo e viver um amor fora dos padrões.

CONTEÚDO DO ESPETÁCULO
O espetáculo é composto de diálogos contemporâneos e a encenação se passa num ambiente onírico de um circo no interior de algum lugar distante. Diálogos rápidos e cortante costurados por poesia.

GÊNERO - COMÉDIA DRAMÁTICA
MODALIDADE - ADULTO
DURAÇÃO DO ESPETÁCULO - 80 minutos
CLASSIFICAÇÃO DO ESPETÁCULO - 12 ANOS

 

O LIVRO

Livremente inspirado no relacionamento do autor Yuri Ribeiro com a empresária Claudia Wildberger, Vou deixar de ser feliz por medo de ficar triste? é uma comédia que conta a história de Andreia e Daniel, um casal apaixonado, mas com uma grande diferença de idade, 25 anos.

Entre outras intempéries, eles enfrentam o preconceito e o ciúme de Caio, o filho de Andrea – brincalhão e piadista, que não aceita a espécie de “irmão mais novo” que arrumou –, a falta de sensibilidade do pai de Daniel e, principalmente, a insegurança e o preconceito do próprio casal.

Ambientada em um picadeiro onírico, um circo das emoções, no interior de algum lugar não muito distante, a peça garante muitos risos, algumas lágrimas e grandes reflexões.

Esta edição ainda inclui um texto do autor sobre o processo de criação e todos os desafios da encenação.

INCLUIR LINKS DE VENDA – pelo e-mail claudia@cwmarketing.com.br

 

E-BOOK e AÚDIO LIVRO
Lançados em 2020 pela U-Book


E-BOOK

Adquira o seu:
https://www.ubook.com/ebook/1033974/vou-deixar-de-ser-feliz-por-medo-de-ficar-triste

 

Preview:
https://www.ubook.com/reader/index/id/1033974

 

AÚDIO BOOK

Adquira o seu:

https://www.ubook.com/audiobook/1066573/vou-deixar-de-ser-feliz-por-medo-de-ficar-tristea

Likes (0)
Share